Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Publicado: Terça, 18 de Abril de 2017, 17h59 | Última atualização em Segunda, 06 de Junho de 2022, 13h51 | Acessos: 5793

                                     

          O 2º Batalhão de Engenharia de Combate foi criado pelo Decreto nº 21.134-A, de 15 de maio de 1946, e traz consigo as tradições das unidades que o precederam: o 4º Corpo de Trem (1918); 2º Corpo de Trem (1919); 12º Regimento de Cavalaria Independente (1921); 2º Batalhão do 5º Regimento de Infantaria (1923); 1º Batalhão de Carros de Combate Leves (1945); e, finalmente, o 2º Batalhão de Engenharia em 1946.
 
          Instalado no antigo Mercado Municipal da cidade, recebeu a denominação atual – 2º Batalhão de Engenharia de Combate – em 1957.
 

          O trabalho dos seus integrantes ao longo da sua existência é herdeiro do legado de bravura, arrojo e audácia dos pioneiros de nossa terra, os bandeirantes, de cujo rol emprestou-se a denominação histórica “Batalhão Borba Gato” em 1990.

 
        Beneficiário também daqueles que fizeram ecoar o “Grito do Ipiranga”, o 2º BE Cmb é hoje um símbolo da presença militar em Pindamonhangaba-SP, defensor inconteste dos valores mais caros à nossa instituição, como a defesa da democracia.
 
        O Batalhão esteve presente em inúmeras ocasiões relevantes, como o resgate de aeroplano acidentado no Ribeirão Grande na década de 1950; lançamento de ponte no Vale do Ribeira nos anos 1970; nos anos 2000, em apoio a calamidade que se abateu sobre Petrópolis e São Luiz do Paraitinga; e tantas outras vívidas memórias dos nossos veteranos.
 
          Atualmente, esta tradicional organização militar, fiel ao legado dos seus antecessores, presta toda gama de apoios e serviços, aos irmãos de Armas e à sociedade em geral, dentro e fora do estado de São Paulo. Apoio à vacinação no contexto da emergência sanitária do COVID-19, auxílio na distribuição de cestas básicas aos mais necessitados, recuperação das estradas vicinais da região, restabelecendo a ligação de cidadãos antes isolados, são alguns exemplos.
 
         Além disso, o lançamento de pontes, passadeiras e portadas em apoio à instrução de alunos das mais diversas escolas do nosso Exército; transporte de aeronaves; demolições de estruturas condenadas; destruições de artefatos explosivos; dentre outros.
 
         São 76 anos de existência em que o 2º Batalhão de Engenharia de Combate, Batalhão Borba Gato, se faz presente por meio de uma robusta folha de serviços prestados à região, devolvendo, todos os anos à sociedade brasileira, soldados cidadãos aptos a cumprir seu papel constitucional: a Defesa da Pátria.
registrado em:
Fim do conteúdo da página